Contas digitais

Contas Digitais

Próximas datas desse curso:

Este curso trará um conteúdo capaz de demonstrar a prática das Instituições Financeiras e de Pagamento que ofertam contas eletrônicas (“Serviços”) aos seus clientes, bem como as principais obrigações regulatórias que circundam esses Serviços.

Por meio dele, o aluno receberá subsídios suficientes para que possa tratar, de forma adequada, as diversas demandas de seu dia a dia e que estejam relacionadas com esses Serviços. Desta forma, o aluno terá conhecimento sobre como estruturar o Serviço, quais são as informações mínimas que devem ser disponibilizadas aos clientes, as formas de contratação e as obrigações regulatórias impostas por parte do Banco Central do Brasil e Conselho Monetário Nacional.

OBJETIVOS

Desenvolvido pela Opice Blum Academy, o curso tem o objetivo de capacitar e atualizar os profissionais que lidam com o desenvolvimento, análise e tratativa de demandas envolvendo os Serviços de conta eletrônica, com foco na Lei nº 12.865 de 09 de outubro de 2013 (dispõe sobre as Instituições de Pagamento integrantes do SPB), Lei nº 8.078 de 11 de setembro de 1990 (Código de Defesa do Consumidor) Lei nº 4.595 de 31 de dezembro de 1964 (Lei do Sistema Financeiro Nacional) Lei nº 13.506 de 13 de novembro de 2017 (dispõe sobre o processo sancionador no âmbito do Banco Central), bem como em normas do Conselho Monetário Nacional e Banco Central do Brasil.

ESTRUTURA DO CURSO

  • Diferenças entre Conta de Pagamento Eletrônica e Conta de Depósito Eletrônica. 
    • Apresentar as principais diferenças, bem como um breve histórico do serviços, alterações normativas recentes e Instituições responsáveis pela oferta.
  • Formas de estruturação dos Serviços: assinaturas digitais, documentos e informações necessárias (PAC, Tabela de tarifas, Condições Gerais, prospectos com informações essenciais etc.). 
    • Indicar quais são os requisitos legais e regulatórios para a estruturação de uma conta de pagamento e uma conta depósito eletrônicas.
  • Regulamentação aplicável (Conselho Monetário Nacional e Banco Central do Brasil). 
    • Apresentar toda a regulamentação setorial aplicável.
  • Cobrança de tarifas (requisitos, proibições e demais condicionantes). 
    • Indicar todas as principais discussões envolvendo a cobrança de tarifas nesses Serviços e como o mercado tem atuado.
  • Produtos e serviços atrelados aos dois tipos de contas. 
    • Apresentar um panorama geral sobre todos os produtos que podem ser oferecidos por meio dessas Contas Eletrônicas.

METODOLOGIA

  • 2 horas de imersão com instrutores que lidam diariamente com questões consultivas envolvendo contas eletrônicas;
  • Exemplos práticos acompanhando os conteúdos teóricos explicados em sala.

PÚBLICO-ALVO

Direcionado a profissionais de Instituições Financeiras (Bancos, Cooperativas  de Crédito etc.) e Instituições de Pagamento, sejam eles da área de produtos, jurídico, compliance, atendimento ao cliente, ouvidoria ou outras áreas que sejam responsáveis pelo acompanhamento e tratativa de eventuais demandas envolvendo esses Serviços.